quarta-feira, 16 de abril de 2008

Ioga, você pratica? + Iogi Tee

Recebi um e-mail da minha amiga e iogi Suely que observou “Não vi muitas torções pelo blog...”, claro que ela esta certa, pois na descrição deste blog dou a entender que retrataremos também sobre Ioga.

Bom !Vamos falar de ioga. Ando meio taciturno com o que acontece com o mundo do ioga, agora até apelidado de McYoga, também não é por menos, as academias de ginásticas, os estúdios, os professores, etc., foram contaminados pelo marketing, pelo merchandise, pelo comercio e até andam vendendo ilusões de algo que a milenar pratica poderia desenvolver.

Falar de Ioga não dá. Você tem que praticar diariamente por muitos e muitos anos para poder sentir e entender o que acontece, e se não mergulhar nas profundezas da pratica diária (respiração, concentração, contração dos Bandhas), seu corpo estará apenas fortalecendo e alongando a musculatura.

Podemos por enquanto abordar os fatos históricos de como a tradição migrou da Índia para o ocidente lendo o artigo que é uma espécie de biografia do nosso grande mestre Tirumalai Krishnamacharya, o qual foi responsável por adaptar a milenar tradição, conceituada por Pátañjali e baseada nos asanas do Hatha Yoga , para o ocidente.

O Legado de Krishnamacharya em inglês AQUI ou em português AQUI. (imprima e leia com calma é muito interessante)

Assista a este incrível vídeo do mestre em 1938.




Yogi Tee

1 ¼ litros de água
8 cravos da índia
8 Grãos de pimenta do reino preta
13 bolsas de cardamomo
2 colheres de sopa de gengibre ralado ou picado
1 lasca de canela
1 Saco de chá preto
1 xícara de leite de vaca ou soja ou arroz
Mel ou açúcar mascavo a gosto
Deixe os ingredientes secos de molho em água durante a noite ( cravo, pimenta do reino, cardamomo, canela ).
Ferver por 30 minutos os ingredientes secos na mesma agua em que ficaram de molho mais o restante para completar 1 ¼.
Adicionar o leite e ferver por 5 minutos.
Adicionar o chá preto e ferver por 1 minuto .
Desligar o fogo e apos 5 minutos adoçar com mel ou açúcar mascavo a gosto

2 comentários:

Pierre disse...

ótimo esta história. muito legal. aonde você acha tudo isso.

Pierre disse...
Este comentário foi removido pelo autor.