quinta-feira, 24 de julho de 2008

Risoto de Barbabietole

Depois de uma maratona de viagens, e uma rápida passagem por São Paulo, estamos novamente rumo ao oriente desta vez com uma parada em Taiwan, depois Main China.

Neste hiato tive a honra e o prazer de receber para um jantar, a responsável, que atualmente vive em Goa Índia, por me conduzir, com paciência e carinho, na pratica do Ashtanga Vinyasa Yoga.

E de quebra, tambem convidada, minha amiga e colega de yoga em comum - "A" Banqueteira - , que na área é de longe a melhor que já vivenciei. Olha a responsa! Onde fui me meter?

Rolou uma saladinha orgânica básica (folhas verdes e palitos de cenoura, pepino e erva doce), um tartar de atum e salmão marinado no gengibre e molho de soja, com ceboullete e gergelim para decorar, acompanhou um molho a base de cream cheese, iogurte e wassabi. De principal um Risoto de Beterraba.

Bom entre umas e outras deixo a receita do Risoto de Barbabietole (beterraba).



Protagonistas

Arroz Carnaroli (250 gr)
Beterrabas cozidas (250 gr)

Nos bastidores

Manteiga (um punhado)
Cebola Roxa (1/2)
Salção (um talo)
Salcinha (um punhado)

Elenco

Caldo de Legumes ( +/1 uns 2 litros)
Queijo Pameggiano Reggiano (um punhado)
Queijo Pecorino Romano (1/2 de um punhado)

Magia

Massala com grãos de Cardamomo, Coentro, Erva doce, Ajowan

Gran Finale

Azeite de Tartufo Bianco


Ensaio Geral

Em uma panela aqueça a manteiga e o azeite e adicione a cebola e o salsão milimetricamente picados. Refogue-os até que o aroma desprendido inunde o ambiente e deixe os temperos translucidos.

Acrescente o arroz (sem lavar) e o massala, previamente tostado e triturado. Refogue por uns 2 minutos, adicione o vinho branco. Quando o alccol evaporar adicione a beterraba previamente cozida e processada.

Dai em diante é só ir adicionando o caldo de legumes no ritmo do cozimento.

No ponto al dente , desligue o fogo e acrescente os queijos previamente ralados, a salcinha e um punhado de manteiga. Corrija a densidade da mistura (deve ficar mais para sopa)

Aguarde cinco minutos misture bem e sirva da panela para o prato.

Adicione oleo de tartufo em sinta o poder do elemento terra.

3 comentários:

Neyde disse...

Mas este risoto e da hora neyde

Eduardo Luz disse...

Uau ! Isto é que é uma receita com pedigree !! Massala, parmeggiano e pecorino, tartufo! Espetáculo !

Anônimo disse...

Léo, desde que te conheci você sempre viajava (quer coisa melhor??) Mas agora você tá meio abusado....antes era só nas férias !